Três meias-finais europeias...

... e nenhuma final, é esta a triste sina leonina! No futebol lutamos com tudo o que tínhamos, não nos apuramos por demérito próprio em termos de finalização na primeira mão da eliminatória. No futsal, infelizmente já esperava este desfecho, tudo resultado de um mau planeamento da temporada (as saídas de Cardinal e Divanei não foram compensada). No andebol, só nos devemos responsabilizar a nós próprios por este desfecho, a forma como consentimos aquele resultado em casa é angustiante!

E de repente...

... voltamos a ter o objectivo de atingir a Champions, sendo que dependemos apenas de nós (isto assumindo que a situação do Leiria não terá consequências na tabela classificativa)!

Orgulhoso


Nunca necessitamos de ajuda externa para nos apurarmos. Nunca fomos beneficiados, lutamos contra tudo e contra todos eliminando a equipa mais rica do Mundo! É triste sairmos da competição desta forma, altamente roubados por um árbitro comandado roboticamente pelo público basco. Agressividade nos limites valeu um apuramento injusto, o primeiro golo nasce de clara agressão (devia ter sido mostrado vermelho) e influencia o desfecho da eliminatória. Apesar de tudo, um imenso orgulho nesta equipa! Voltamos a ter grandes noites europeias em Alvalade, voltamos a ter esperança e a ver um Sporting ganhador e ambicioso. Serão recebidos como heróis, afinal de tudo temos um projeto em marcha já com uma Taça por conquistar!

PS: Fim de ciclo para Polga, João Pereira e Pereirinha. Jogo após jogo, os mesmos erros são continuamente cometidos. E já se sabe, a este nível…


Mais nenhum?

Buonanotte, Toloi, Bruyne, ...! Com tantos nomes lançados algum irão acertar. Volto a afirmar que só comento rumores concretos e que eu ache ou saiba que se podem desenvolver. Ah, já agora, está aberta a Silly Season.

A Taça é uma festa...

... para quem  não tem de se preocupar com noites sem dormir e dias perdidos para comprar bilhete! Para quando o fim das cunhas e a distribuição justa e equacional dos bilhetes?

Um olhar sobre a partida


Jogar na Choupana é sinal de dificuldades, seja qual for a circunstância. Já lá tínhamos ganho em Fevereiro e hoje, mesmo com uma equipa quase totalmente diferente do jogo com o Bilbao (apenas Xandão manteve a titularidade), o objetivo passava por obter nova vitória. Com um onze muito jovem (média de idades era 22 anos), o Sporting entrou em campo a pressionar a defesa dos madeirenses, que revelou algumas dificuldades na saída de bola. Com grande segurança nas transições (facto onde André Martins foi fundamental), o Sporting chegou à vantagem por Rubio, numa jogada com ratice de avançado. O Nacional tentava aproveitar o lado esquerdo do Sporting para atacar e tentar empatar, mas foi Renato Neto que voltou a abanar as redes da baliza, após um grande remate fora de área. Ainda na primeira parte o Nacional reduziu por intermédio de Mateus, numa jogada em que Arias não fica livre de algumas culpas. No segundo tempo, Sá Pinto colocou Schaars para ganhar o controlo do jogo, plano que ficou furado após a expulsão de Rubio. O Nacional acabou mesmo por empatar numa jogada algo estranha, com vários alívios falhados a resultarem numa bola oferecida a Keita. O Sporting parecia perdido, mas passados três minutos Wolfswinkel sofre penalty que, com muita calma, converteu e ofereceu a vitória ao Sporting. Garantimos praticamente o 4º lugar e estamos a seis pontos da Champions. Há que acreditar que é possível, ainda faltam disputar 9 pontos e na última jornada recebemos o Braga. Se fizermos contas, e assumindo que o Sporting ganha ao Braga em casa, o Braga terá de perder um dos próximos dois jogos ou empatar os dois para ainda termos esperanças (o Braga receberá em casa o Olhanense e o Beira-Mar).


Sinal +


MVP: André Martins _ que tem futebol nos pés toda a gente já sabe, mas que era capaz de levar a equipa às costas e assumir por si as despesas do jogo era um facto que desconhecia. Essencial nas movimentações dos dois primeiros golos e na forma como imprimiu intensidade no futebol leonino, acabou substituído aos 60 minutos devido à expulsão de Rubio. Será que em Bilbao fará de Izmailov?

Marcelo _ o suplente de luxo foi hoje titular e, claro, correspondeu. O Super Boeck salvou o Sporting nos momentos finais, com três defesas de bom nível. Caso Patricio saia (muito provável), temos aqui o titular da próxima temporada.

Onyewu _ nem pareceu que esteve dois meses parado. É difícil jogar na Choupana devido às dimensões do relvado e à velocidade do ataque nacionalista, mas o Capitão América não virou cara à luta e teve três cortes fundamentais na primeira parte. Ainda cheirou o golo, mas não acertou bem na bola. Irá emparelhar com Xandão?

Wolfswinkel _ entrou, lutou, marcou e resolveu. Decisivo, como deve ser um avançado.


Sinal –


Renato Neto _ apesar de ter feito um golo de belo efeito, teve duas perdas de bola perigosas que podiam ter comprometido o resultado. Tem personalidade em campo, mas tem de ser mais rápido e eficaz no primeiro passe da transição. A trabalhar e corrigir.

Rubio _ estava a ter uma atuação positiva, com ratice de avançado e movimentações interessantes, mas o golo não é suficiente para tapar a infantilidade com que foi expulso. É novo e irá aprender com o erro de hoje, temos avançado!



Acabou o Blackout?


Godinho Lopes vai quebrar o blackout para dar uma entrevista a um dos jornais que tem feito maior campanha contra o Sporting nos últimos dias e semanas. Não é por nada e detesto dizer estas coisas, mas isto parece-me uma cena daquelas "se me deres uma entrevista, não direi mais nada sobre o teu clube".

Bilhetes para a Final

O Topo Norte está destinado aos adeptos do Sporting

Estarão à venda a partir de 2ª feira os bilhetes para Final da Taça de Portugal, a disputar dia 20 de Maio entre Sporting e Académica. O Sporting irá ter à venda cerca de 8 mi bilhetes, sendo que será dada prioridade a sócios e portadores de gamebox. Um conselho do Mercado Leonino, tentem comprar o ingresso na bilheteira online do site da FPF, esses bilhetes são os da Federação, e quantos mais juntarmos aos 8 mil vendidos em Alvalade maior será o ambiente verde-e-branco no Jamor. Os bilhetes online (da FPF) começaram a ser vendidos segunda-feira a partir das 9:30 H.

Um olhar sobre a partida


Sporting dominador em 90 % do jogo, equipa a jogar na raça e na atitude e ineficácia na finalização. Um Bilbao com grandes dificuldades em construir jogo (não me lembro de nenhuma jogada com principio, meio e fim) que não saiu goleado de Alvalade por claro demérito leonino. A eliminatória continua em aberto (um terceiro golo colocava-nos praticamente na final), com um jogo muito complicado à nossa espera em San Mames. O Bilbao irá jogar à imagem do seu treinador, com uma atitude extremamente ofensiva que poderá possibilitar a saída em contra-ataque por parte do Sporting. Javi Martinez estará de regresso à equipa, um jogador extremamente perigoso que trará maior intensidade aos Bascos. De fora ficará De Marcos, habitual titular no meio campo espanhol. Do lado leonino, Izmailov será a grande baixa por acumulação de amarelos, mas a boa noticia poderá ser o regresso de Matias Fernandez. Continuemos a acreditar, Bucareste está a apenas um jogo de distância!


Sinal +


MVP: Capel _ voltou às grandes exibições! Não se limitou a progredir sozinho com a bola, esteve bem a defender e a largar a bola no momento certo nas transições. Mereceu que o estádio todo canta-se o seu nome aquando da sua substituição.

André Martins _ o miúdo substitui Matias no onze e pensei para mim que esta seria a noite em que a Europa conheceria este grande talento. Grande entrega, exímio a transportar a bola e, face à sua baixa estatura, nunca deu um lance aéreo por perdido. Os elogios da imprensa internacional não são por acaso (chamam-no o novo Iniesta).

João Pereira _ teve uma ou outra perda de bola comprometedora quando podia jogar simples, mas secou completamente um dos meninos prodígios do futebol atual (Muniain). Avançou destemido e cheirou o golo.

Insua _ já faltam palavras para descrever a sua disponibilidade a nível físico e mental. Foi infeliz no golo sofrido, mas compensou esse erro com um golo um pouco estranho mas pleno de intenção. Já marcou quatro golos na Liga Europa!


Sinal –


Finalização _ começa a ser recorrente a falta de eficácia no último terço do campo. Hoje foram Wolfswinkel e Carrillo a falhar grandes oportunidades de golo, que podiam ter resultado numa goleada histórica (à semelhança do que se passou no derby)



Coração de Leão

Clique na imagem para aumentar

São estas mensagens que nos tocam no coração, que nos bons e maus momentos nos relembram o quanto gostamos do Sporting e o que fazemos para o ver sempre no topo! Amanhã será porventura um dos dias mais importantes dos últimos anos do clube, seremos leões, no campo e nas bancadas!

Rotinas


Labyad confirmou hoje que será jogador do Sporting a partir de Julho próximo, isto depois de nas últimas semanas ter existido uma série de desmentidos entre o holandês e o presidente do Sporting, Godinho Lopes, sobre a assinatura de contrato. Contrato de cinco anos, cláusula de 50 milhões e um enorme potencial (apesar de já jogar muito bem, se evoluir favoravelmente será jogador de topo mundial), começou a ser observado pelo Benfica desde o momento em que surgiram os primeiros rumores do interesse leonino. Aliás, já neste verão Witsel e Artur estiveram perto de assinar pelo Sporting (disseram-me que chegaram mesmo a estar em Alvalade, mas não acredito neste facto), e só há última da hora é que asseguraram os atletas. A rotina de observação benfiquista é muito fácil de resumir: atentar nos jogadores observados pelo Sporting e que chegam aos ouvidos da imprensa, e avançar para a sua contratação.

Palhaço & Palhaçada


Conhecido no futebol português pelas estritas relações que estabeleceu entre o Nacional e o Porto (vários lanches de fruta e leite) e por ser um dirigente exemplar, Rui Alves diz que o Sporting não devia estar na final da Taça (ler aqui). Agora questiono: se sabia que havia irregularidades, como por exemplo isso do voo, porque não disse nada antes? Não acha que acaba por cair no ridículo? Enfim, triste futebol português. A partir do momento que este ranhoso diz que o PPC é culpado e deve ser punido, já conheço o desfecho do caso, PPC está inocente.


Castaignos é possibilidade real


O jovem avançado avançado do Inter pode estar bem perto de se tornar jogador do Sporting, isto depois de o clube leonino ter feito uma oferta interessante pelo jogador, segundo avança a imprensa italiana. Internacional pelas seleções jovens do seu país, o holandês de 19 anos é um jogador em que os responsáveis italianos colocam grandes esperanças, mas, por falta de oportunidades para jogar no plantel principal, estão abertas as portas para a sua saída. Quanto aos moldes do negócio, ainda não se sabe nada, mas certamente que o Sporting irá pagar algo pelo atleta, visto ter contrato até 2016.

Respondam


Este post vem na sequência da preparação da próxima temporada, sendo um complemento à sondagem aqui da direita. Então ora bem, imaginem que a equipa base se mantem na próxima temporada e que só se compra jogadores para posições especificas/limitadas, apostariam em jogadores jovens e com potencial, jogadores relativamente experientes (estilo Schaars) ou jogadores trintões com provas dadas? Agradecia que adequassem a resposta à posição, por exemplo: avançado - jogador trintão (ex: Del Piero), central – jogador relativamente experiente (ex: Botia)

Previsão

Face à conquista da Champions por parte do Benfica, a imprensa nos próximos dias vai dar relevância ao dia-a-dia encarnado, descurando o caso PPC. Vai uma aposta?

Pensamento

O Sporting atravesseava uma fase de clara ascensão no futebol, com a qualificação para as meias-finais da Liga Europa e uma vitória no derby. Como já começavamos a assustar muito gente, está a aproveitar o caso PPC para atingir os sportinguistas mais cépticos influenciáveis pela imprensa de merda (desculpem o termo, mas é mesmo assim) que existe em Portugal. Seria de grande carácter a equipa de Sá Pinto dar uma "sapatada" em todos estes parvalhões e otários que pensam que sabem futebol. É tempo de reunirmos tropas e apoiar o Sporting numa fase em que podemos ainda ganhar duas competições. Sim, duas. Acham que nos vão tirar da Taça?

O que entendo do caso PPC

O que se diz, muito resumidamente, é que mandou depositar 2 mil euros na conta do Cardinal para que este fosse impedido de apitar o Sporting - Maritimo. Primeira diferença a ressalvar: enquanto uns pagam para ser ajudados, outros pagam para não serem prejudicados. Com mais tempo irei analisar esta situação que em nada favorece o Sporting, ainda para mais numa altura tão importante da temporada.

Um olhar sobre a partida


Fomos superiores, ponto. Desculpem-se com um penalty por assinalar no início do jogo, mas o Sporting também teve outro por assinalar. Wolfswinkel não sofreu falta? Ah esperem, ganhou posição ao cabeçudo e este puxa-o, mas isso não é falta! Dominámos todos os aspetos do jogo, fomos inteligentes a nível táctico e o resultado só peca por escasso. Alcançámos o 4º lugar, e, dado que o Marítimo ainda tem de enfrentar Benfica e Porto, estamos em boa posição para o garantir. Agora há que concentrar na Liga Europa e utilizar a Liga para rodar os jogadores, já não há nada a perder nem a ganhar. 


Sinal +


MVP: Matias _ começa a ganhar regularidade, e sempre a alto nível. Aguentou os 90 minutos e no final da partida ainda conseguiu papar os jogadores do Benfica. Ninguém lhe consegue tirar uma bola do pé, foi essencial nas transições e denota cada vez melhor entendimento com os restantes colegas de meio-campo. Para renovar, claramente!

Izmailov _ esteve apagado até ao golo, soltou-se e esteve imparável. Nos seus típicos movimentos de fora para dentro, atirou a trave e ainda tirou tinta ao poste, na melhor exibição desta temporada. O velho Czar está de volta, parece bem a nível físico e mental e, mais importante que tudo, voltou a ter prazer em jogar futebol.

Wolfswinkel _ lutou, correu e fartou-se de jogar. Sofre o penalty, marca e põe o Sporting em vantagem. Não fosse a sua falta de eficácia (três oportunidades soberanas para marcar, duas delas só com Artur pela frente) e falávamos agora de uma goleada épica. Voltou às boas exibições, está a precisar de um Hat-Ricky!

Elias _ encheu o campo e parece ser ali, numa posição mais recuada, que parece potenciar mais o seu futebol. Solidário e inexcedível, lutou com um leão em cada lance que disputou foi sempre para ganhar (como um trinco deve ser).


Sinal –


João Pereira _ falta-lhe cabeça e inteligência no último terço de terreno, toma sempre decisões negativas quando progride no meio-campo contrário. Irrita quando insiste em puxar o jogo para dentro.

Polga _ primeira hora para esquecer, parecia um iniciado. Podia ter condicionado a partida com aquela entrada no primeiro minuto.

Para quê isto?



Ponto prévio: claro que não gosto nem do Porto nem do Benfica. Mas qual a necessidade deste tipo de atitudes? O que se ganha com isto? Isto é o que eles querem, dar-lhes importância. Se querem fazer porcaria, fazem anonimamente, não usem a identidade sportinguista, aposto que 95 % de nós não concordam com este tipo de acções!

Árbitro do Derby

 

Em príncipio será Artur Soares Dias, visto que Duarte Gomes e Jorge Sousa já arbitraram esta jornada. Mas isto tendo em conta que a escolha de Xistra está completamente fora de questão, a forma como prejudicou o Sporting no início da temporada terá de ser suficiente para excluir esta opção. Caso contrário, será mais  uma fantochada.


Começar a pensar 2012/2013


A temporada 2011/2012 caminha a passos largos para o final, e, ao contrário dos últimos anos, o Sporting ainda se encontra vivo e com possibilidades de conquistar duas competições. Contudo, o objetivo principal terá de ser sempre o título de campeão nacional, sendo nessa perspetiva que a direção leonina já planeia a próxima temporada. Já existem reforços garantidos (Labyad e outro, pelo que “ouvi dizer”), um plano traçado com as principais lacunas do atual plantel e jogadores que as podem suprimir. Não será efetuada uma nova revolução, nem é previsível que o número de reforços ultrapasse os cinco atletas (a menos que existam saídas). Outro factor a ter em conta é a capacidade financeira do clube, o caso de Labyad (final de contrato), ainda que não esteja livre de prémios de assinatura e comissões, será um dos exemplos do que podemos esperar no próximo Verão. Sei que ainda há muito por jogar e para ganhar, mas gostava que fossem respondendo aqui na sondagem selecionando as três posições que, na sua opinião, urgem serem reforçadas. Depois de analisados os resultados, apresentarei o “meu” plantel e desafio que depois apresentem nos comentários também as vossas escolhas.

Um olhar sobre a partida


O Sporting partiu para a Ucrânia com um resultado perigoso, apesar de ter vencido em casa , um golo sofrido nos descontos relançou a eliminatória e levantou a moral à equipa ucraniana. Esperava-se hoje um Sporting pragmático, à espera do adversário e apostado em resolver a eliminatória em lances de contra-ataque, sendo que a profundidade dada por Capel e João Pereira seria essencial no desfecho da partida. O Metalist desde cedo que impôs o ritmo que quis no jogo, apesar de não incomodar verdadeiramente o Sporting. Aproveitando o espaço entre os centrais e o trinco, principalmente Taison criou várias jogadas de perigo, sendo que numa delas apenas Patrício conseguiu evitar um golo praticamente feito. A toada não mudou, um Sporting desligado (com claras dificuldades em pegar no jogo e circular a bola, insistindo nas bolas no espaço para Wolfswinkel) contra um Metalist com ideias insuficientes para incomodar os leões. Contudo, no final da 1ª parte, após um excelente centro de Capel, Wolfswinkel enganou o central adversário e cabeceou com mestria para o fundo das redes, num golo à Jardel! Na segunda parte os ucranianos bem tentaram mas, para além do penalty (mal assinalado) e do golo (clara falha defensiva) não mereciam sair da eliminatória de outra forma. O Sporting qualifica-se mais uma vez com sofrimento (ainda que tenha sido menor desta vez), está nas meias-finais e irá encontrar o Bilbao, comandado (na minha opinião) por um treinador de TOP 5 mundial.


Sinal +


MVP: Rui Patrício _ tem sido enorme ao longo da temporada, e se o Sporting ainda está na Liga Europa tudo deve ao seu guardião. Hoje voltou a salvar a equipa por várias vezes, o penalty que defende, tendo em conta o momento e a responsabilidade, só está ao alcance de verdadeiros campeões. Queres um milhão de ordenado? Só?

André Martins _ era o mais jovem em campo, mas a forma como assumia o jogo, preenchia os espaços e transportava a bola para a frente foi digna de um jogador de Top. Tentou a meia distância mas não foi feliz. Acabou substituído numa altura em que o Sporting só defendia, mas podia ter sido útil nas transições no final da partida. Aquela camisola 28 parece estar mesmo destinada a grandes jogadores (Moutinho é um grande jogador, apesar de tudo).

Wolfswinkel _ correu em prol da equipa e na única oportunidade que teve marcou, “à goleador”! Às vezes parece um pouco trapalhão (tem grandes dificuldades em depois de receber manter a bola jogável) e lento, mas o que se pede a um avançado é que marque, e nisso cumpriu.


Sinal –


Polga/Xandão _ erraram várias vezes e podiam ter comprometido a passagem às meias. Ainda que tenha sido por um erro de Polga, no golo dos ucranianos Xandão estava completamente desconcentrado, tendo dado todo o espaço do mundo ao marcador do golo. Apesar de tudo, em grandes períodos do jogo estiveram bem em não dar espaço para virar aos avançados, tendo Xandão um melhor desempenho que o seu colega de sector, algo que já vai sendo habitual. De realçar a capacidade em sair a jogar de Xandão.

Izmailov _ passou completamente ao logo do jogo. O relvado não ajudou a mostrar o seu futebol (essencialmente técnico), falhou passes fáceis e raramente ofereceu soluções ofensivas. Algo desgastado.

Renato Neto _ entrou desorientado e logo para marcar o melhor jogador adversário (tem de aprender a fazer faltas úteis). Foi fundamental nos últimos minutos da partida, Sá Pinto mandou-o acompanhar Devic (um jogador de grande mobilidade), acabando por anulá-lo completamente.

Basquetebol de regresso ao Sporting

Conheça aqui o historial leonino em basquetebol

Depois de alguns anos de ausência, o basquetebol vai figurar de novo nas modalidades praticadas pelo emblema leonino. Há muito que se fala deste regresso (era para ter acontecido já este ano), mas será já na próxima temporada que, inicialmente apenas com escalões de formação (ainda por definir), teremos a modalidade de regresso. Os moldes de funcionamento da secção serão semelhantes portanto ao Hóquei Patins: criar uma secção sustentada essencialmente na formação, ir subindo degrau a degrau sem nunca dar um passo maior que a perna. Claro que é inevitável falar de uma equipa senior na Liga Portuguesa, mas antes disso será necessário criar condições financeiras e desportivas o que, no imediato, é impossível. Em princípio o local onde decorrerão os jogos será o pavilhão de Odivelas, isto devido ao acordo já comentado no blog. Quem quiser saber mais sobre a secção coloque um gosto na sua página de facebook, sendo que recomendo desde já que no dia 14 de Abril participem no almoço de apresentação do basquetebol leonino.